PLANTAÇÃO DE BOSQUE SAGRADO EM ALCABIDECHE

Organização: Ordem dos Bardos, Ovates e Druidas - OBOD

A Ordem dos Bardos, Ovates e Druidas (OBOD) está a organizar a plantação de um Bosque Sagrado em Alcabideche.

Esta acção integra-se no Programa de Plantação da Ordem: "O Bosque Sagrado." Para mais informações sobre o mesmo consulte a nossa página: www.obod.com.pt/programadeplantacao.htm

Para tornar possível a realização deste projecto precisamos da sua ajuda!

Há várias formas de o fazer:

 

1) DONATIVO PARA A COMPRA DAS ÁRVORES (objectivo atingido!)
(até 4 de Novembro)

Serão plantados 24 freixos (fraxinus excelsior) e, se se obtiver o apoio suficiente, 24 urzes (calluna vulgaris).

É possível obter as árvores e arbustos a um preço ligeiramente inferior ao habitual: freixo em vaso 1.6 L (2,25 € / cada), urze (3,90 € / cada). A compra será feita no Inovisa – Instituto Superior de Agronomia, em Lisboa. .24 freixos custam, assim, 54 €, e 24 urzes custam 93,60 €, o que dá um total de 147,60 € como orçamento necessário para esta plantação.

Temos o prazer de informar que recebemos um donativo do valor total para esta acção, pelo que já não será necessário qualquer outro donativo.

O nosso obrigado a "C.O." de Portugal pela sua generosidade!

 

2) TRANSPORTE DAS ÁRVORES
(9 e 17 de Novembro)

24 freixos e 24 urzes necessitam de vários automóveis para serem transportadas:

- Do viveiro Sigmetum em Lisboa (www.sigmetum.blogspot.pt) para a Casa do Fauno em Sintra (www.casadofauno.wordpress.com): no dia 9 de Novembro às 15h (dia em que serão compradas).

- Da Casa do Fauno para o CASP, Alcabideche, onde serão plantadas: no dia 17 de Novembro (nova data) às 9h30.

Se estiver disponível para ajudar com o transporte envie-nos um email para obod@obod.com.pt

 

3) PLANTAÇÃO DAS ÁRVORES
(17 de Novembro - Nova Data)

Traga as suas ferramentas (pás, enxadas, etc.) e ajude-nos a colocar as árvores no seu novo espaço!

Local: Centro de Apoio Social do Pisão (CASP) (http://www.scmc.pt/gca/index.php?id=117)

Morada: Estrada Nacional, nº 247 – 5, Alcabideche

Data e hora da plantação: 17 Novembro 2012 às 10h30 da manhã

Se estiver disponível para ajudar com a plantação envie-nos um email para obod@obod.com.pt

 

CERIMÓNIA DRUÍDICA DE PLANTAÇÃO E CONSAGRAÇÃO DO BOSQUE SAGRADO

Esta plantação será realizada através de uma cerimónia druídica muito simples, com o objectivo de consagrar o espaço, honrar e respeitar o espírito do lugar e das árvores, para que este seja verdadeiramente um santuário sagrado que irradie paz, cura e harmonia.

 

SIMBOLISMO DO FREIXO E DA URZE

Segundo a Tradição, os antigos Druidas possuíam um alfabeto mágico chamado Ogham, que teria sido criado por Ogma (um deus irlandês) ou, segundo a tradição gaulesa, por Ogmios. Cada um dos caracteres deste alfabeto, para além da sua correspondência com o alfabeto latino, teria uma correspondência com um determinado tipo de árvore ou arbusto - isto se seguirmos a interpretação proposta pelo escritor Robert Graves no seu livro “A Deusa Branca”, publicado em 1948.

Assim, o freixo representa uma das árvores druídicas sagradas e simboliza a grande Árvore da Vida que liga os vários mundos visíveis e invisíveis (também conhecidos dos xamãs): o inferior, o médio e o superior. Na língua céltica é conhecido por Nion ou Nuin e corresponde à letra “n”. Segundo o escritor grego Hesíodo, o primeiro homem nasceu do freixo, e na mitologia nórdica esta árvore é conhecida como Yggdrasil, a Árvore do Mundo ou o Freixo Cósmico.

A urze está associada na mitologia celta à purificação e à cura, estando também ligada ao mundo das fadas. Na tradição escocesa, a urze é associada a Cailleach – a grande anciã. Este arbusto é conhecido em céltico como Ur e corresponde à letra “u”.

 

ACERCA DO PROGRAMAÇÃO DE PLANTAÇÃO DA ORDEM

Nos tempos antigos, os Bosques Sagrados eram lugares de refúgio e veneração para os Druidas. Dispostos no mundo natural como um templo ou uma capela, eles eram locais de refúgio espiritual: lugares para acalmar a mente, refrescar o espírito e dar conforto em alturas de aflição. Os Druidas de hoje continuam esta tradição de procurar clareiras tranquilas nos bosques e nas florestas, nos quais possam meditar e realizar cerimónias. E, para além disso, muitos Druidas contemporâneos estão a criar novos bosques sagrados – nos seus jardins, nas suas quintas ou em terrenos públicos.

Em 1988 a Ordem começou o Programa de Plantação "O Bosque Sagrado" – oferecendo apoio, aconselhamento e ajuda financeira aos membros da Ordem e às pessoas que queiram criar novos espaços sagrados por todo o mundo. Como resultado, foram plantadas milhares de árvores e centenas de bosques sagrados por todo o mundo. Estes bosques formam uma rede de santuários arbóreos – que irradiam paz e oferecem refúgio tanto à vida selvagem como à humanidade

Muitos destes bosques são pequenos santuários privados nos jardins dos membros, utilizando árvores nativas da terra em que são plantados ou – quando apropriado – árvores sagradas da tradição celta. Mas existem outros tipos de bosques que também podem ser plantados: como projectos comunitários, em escolas, que ajudem espécies de árvores em risco, ou que sejam santuários arbóreos dedicados à Paz ou àqueles que morreram. Gostaríamos de convidá-lo a juntar-se a este projecto. Mesmo que não tenha terreno, tempo ou dinheiro, há muitas formas de poder ajudar a criar esta rede de santuários por toda a Terra.

Se quiser encomendar uma cópia do opúsculo do “Programa de Plantação O Bosque Sagrado”, escreva-nos para obod@obod.com.pt

 

Responsável pelo evento: Ana Brilha

Responsável pelo ramo de língua portuguesa da OBOD: Alexandre Gabriel

Ordem dos Bardos, Ovates e Druidas (OBOD): www.obod.com.pt

Programa de Plantação “O Bosque Sagrado”: www.obod.com.pt/programadeplantacao.htm